Inscrições abertas para os prêmios mundiais de melhores práticas de educação " Klaus J. Jacob Global Best Practice Prizes"

Data: 08/02/2022 - 15:52  Para: Jornal Dia Dia - Portal de Notícias
Por: Agência Race de Comunicação    Bloquear Agência/Empresa
Remetente: Lais Goulart laisgoulart@agenciarace.com.br Telefone: (11) 2894-5607
Minhas Editorias: Cidades Alterar Minhas Editorias
Editorias deste Release: Educação, Nacional

A Agência Race de Comunicação foi notificada que este conteúdo não possui relação com nenhuma das editorias informadas.
Ao denunciar 2 vezes no mês a Agência Race de Comunicação será bloqueada para você não receber mais conteúdos.

Você fez 2 denúncias neste mês, portanto, a Agência Race de Comunicação foi bloqueada definitivamente.
Você bloqueou a agência Agência Race de Comunicação para não receber mais conteúdos. Você bloqueou o cliente Race Comunicação da agência Agência Race de Comunicação para não receber mais conteúdos.

Olá , tudo bem?

Concedidos a cada dois anos, os prêmios Klaus J. Jacobs Melhores Práticas homenageiam práticas excepcionais para o avanço de uma educação de qualidade. As inscrições para os prêmios, deste ano, terminam em 10 de fevereiro.
Serão três Prêmios de Melhores Práticas concedidos em setembro de 2022, cada um no valor de aproximadamente 200.000 dólares (cerca de um milhão de reais)

Segue abaixo o release com mais detalhes e caso tenha interesse pela pauta, ficamos à disposição.

Atenciosamente,
Lais Goulart
laisgoulart@agenciarace.com.br

Inscrições abertas para os prêmios mundiais de melhores práticas de educação " Klaus J. Jacobs Global Best Practice Prizes"

No total, serão três vencedores e cada um ganhará cerca de um milhão de reais

Keishia Thorpe, que ganhou 1 milhão de dólares ao vencer o Global Teacher Prize em 2021, incentiva os empreendedores, organizações sem fins lucrativos e instituições de pesquisa do Brasil a se candidatarem aos Prêmios Klaus J. Jacobs Melhores Práticas 2022 (2022 Klaus J. Jacobs Best Practice Prizes) – para que educadores de todo o mundo aprendam sobre as soluções inovadoras que foram desenvolvidas para ajudar a transformar, de forma positiva, a educação à medida que o setor se recupera da pandemia do COVID-19. Serão três Prêmios de Melhores Práticas concedidos em setembro de 2022, cada um no valor de aproximadamente 200.000 dólares (cerca de um milhão de reais) 

Concedidos a cada dois anos, os prêmios Klaus J. Jacobs Melhores Práticas  homenageiam práticas excepcionais para o avanço de uma educação de qualidade. As inscrições para os prêmios, deste ano, terminam em 10 de fevereiro.

Keishia, professora de inglês da International High School Langley Park, Bladensburg, Maryland, Estados Unidos diz:  

“Eu encorajo veementemente os inovadores em educação do Brasil a se candidatarem aos prêmios Klaus J. Jacobs Melhores Práticas. Agora, mais do que nunca, em tempos de COVID-19, precisamos de exemplos das práticas educacionais que funcionam. Além disso, buscamos pessoas visionárias para nos ajudar a enfrentar os desafios impostos pela pandemia, com isso é muito importante garantir que ideias inovadoras possam ser aplicadas para beneficiar o maior número de crianças possíveis.  “O Brasil está cheio de talentosos “agentes de mudança”. A comunidade educacional brasileira tem criatividade para apresentar soluções inovadoras e escaláveis que podem ajudar a reconstruir a educação no mundo inteiro.”

Fabio Segura e Simon Sommer, co-CEOs da Fundação Jacobs, disseram: 

“Ao apresentar exemplos de boas e efetivas práticas, podemos ajudar a mudar as políticas relacionadas ao tema e garantir que todas as crianças tenham acesso a uma educação de qualidade. À medida que os sistemas educacionais se adaptam a um novo e desconhecido ambiente, as chances de dar bons resultados é alta. Devemos trazer à consiência as evidências de técnicas que funcionam e usá-las para implementar soluções que possam ser adaptadas às diversas necessidades individuais dos alunos – tanto no Brasil quanto no mundo". 

“Gostaríamos de agradecer a Keishia por incentivar outras pessoas a se inscreverem nos prêmios deste ano. Acredito que apoiar os professores para que eles continuem sendo fontes de inspiração, mesmo quando o mundo está de ponta cabeça, não é apenas a coisa certa a fazer – é um ponto crucial do nosso futuro. Dessa forma, podemos ajudar todas as crianças a prosperar e se tornarem membros socialmente responsáveis e produtivos da sociedade”. 

Em janeiro deste ano, o Brasil foi anunciado como um dos três países participantes na pesquisa, realizada através da parceria entre a Fundação Jacobs e a UNICEF, para o projeto Data Must Speak (DMS) Positive Deviance (em tradução ao português: Os Dados Devem Falar/ Desvio Positivo), que visa melhorar a educação para todos. Enquanto em 2018, no 10º aniversário do Prêmio Klaus J. Jacobs, um dos dez prêmios concedidos a inovadores sociais no campo do desenvolvimento infantil e juvenil foi para Luke Dowdney, por sua iniciativa de “Luta pela Paz”. A qual foi fundada em 2000 no Complexo da Maré, uma comunidade do Rio de Janeiro, a iniciativa adota uma abordagem de saúde pública para prevenir e reduzir a violência juvenil.

O objetivo dos prêmios é encontrar a próxima geração de projetos colaborativos que promovam a educação em quatro áreas principais: em primeiro lugar, a Fundação Jacobs procura identificar projetos inovadores que geram evidências de pesquisas robustas, as quais podem melhorar a aprendizagem infantil e o desenvolvimento de práticas e políticas públicas. Em segundo lugar, busca candidatos que promovam parcerias entre pesquisadores, governos, empresas e escolas. A terceira área concentra-se no desenvolvimento de soluções empresariais para fortalecer a formulação de políticas educacionais. Por fim, os concorrentes podem apresentar soluções inovadoras de investimento catalítico que se baseiam em uma ampla gama de mecanismos financeiros para aproveitar ao máximo de seus recursos e ampliar o seu impacto.

Os Prêmios estão abertos a organizações sem fins lucrativos, instituições de pesquisas públicas e privadas, empresas e empreendedores que estão buscando soluções inovadoras visando melhorias à área da educação. Os candidatos devem ter financiamento garantido por no mínimo seis meses. As inscrições foram abertas em 6 de janeiro de 2022 e se encerram em 10 de fevereiro deste ano. Para se cadastrar é só acessar o site: https://jacobs.awardsplatform.com/ 

Os vencedores serão selecionados pelo Conselho de Curadores da Fundação Jacobs. O processo seletivo é baseado em realizações excepcionais, as quais precisam estar alinhadas com a estratégia da Fundação Jacobs (centrada na geração de evidências para transformar o modo como as crianças aprendem desde tenra idade) e vontade de fazer parte das diversas áreas de atuação da Fundação Jacobs. Outros critérios incluem a integração das lições aprendidas com a pesquisa e as melhores práticas; entendimento se o projeto pode ser replicado com sucesso em outro lugar; e como uma organização gerencia seus recursos e os dados coletados. Por fim, os candidatos serão avaliados em sua gestão organizacional, cultura de liderança e viabilidade financeira. 

Em memória de seu fundador, o empresário Klaus J. Jacobs, falecido em 2008, a Fundação Jacobs apresenta dois prêmios – um por realizações notáveis em pesquisa e outro por prática no campo do desenvolvimento infantil e juvenil. Os Prêmios de Melhores Práticas se alternam com o Prêmio de Pesquisa Klaus J. Jacobs, que reconhece pesquisas pioneiras e socialmente relevantes sobre o desenvolvimento da juventude.

 

Notas para os editores:

  1. A Fundação Varkey acredita que toda criança merece um ambiente de aprendizagem vibrante e estimulante que desperte e apoie todo o seu potencial. A fundação acredita que nada é mais importante para alcançar isso do que a paixão e a qualidade dos professores. Eles apóiam a capacidade de ensino global e semeiam excelência e inovação na próxima geração de educadores. Eles também fundaram o Prêmio Professor Global para destacar o trabalho incrível que os professores realizam em todo o mundo. Para mais detalhes: www.varkeyfoundation.org
  2. Chegg.org é o braço de impacto, defesa e pesquisa da Chegg, Inc. que trata dos problemas enfrentados pelo estudante moderno. Para obter mais informações, visite www.chegg.org
  3. Chegg: milhões de pessoas aprendem com o Chegg. Nós nos esforçamos para melhorar os resultados educacionais, colocando o aluno em primeiro lugar. Apoiamos os alunos em sua jornada do ensino médio à faculdade e em suas carreiras com ferramentas projetadas

Fotos

  • Keishia Thorpe vencedora do Global Teacher Prize em 2021
    Keishia Thorpe vencedora do Global Teacher Prize em 2021 Divulgação

Responder para: Lais Goulart laisgoulart@agenciarace.com.br

Enviando, aguarde

Sua resposta foi enviada com sucesso!

Erro ao enviar resposta, tente novamente

Enviado Por: Agência Race de Comunicação    Bloquear Agência/Empresa
Minhas Editorias: Cidades Alterar Minhas Editorias

A Agência Race de Comunicação foi notificada que este conteúdo não possui relação com nenhuma das editorias informadas.
Ao denunciar 2 vezes no mês a Agência Race de Comunicação será bloqueada para você não receber mais conteúdos.

Você fez 2 denúncias neste mês, portanto, a Agência Race de Comunicação foi bloqueada definitivamente.
Você bloqueou a agência Agência Race de Comunicação para não receber mais conteúdos. Você bloqueou o cliente Race Comunicação da agência Agência Race de Comunicação para não receber mais conteúdos.

Bloqueio realizado com sucesso.