Escolha por uma empresa de telessaúde deve levar em conta a estruturação da plataforma de suporte aos profissionais de saúde

Data: 09/02/2022 - 13:18  Para: Jornal Dia Dia - Portal de Notícias
Por: SENSU Consultoria de Comunicação    Bloquear Agência/Empresa
Remetente: Fátima Santos fatima.santos@sensucomunicacao.com.br Celular: (11) 98999-0042
Minhas Editorias: Cidades Alterar Minhas Editorias
Editorias deste Release: Saúde

A SENSU Consultoria de Comunicação foi notificada que este conteúdo não possui relação com nenhuma das editorias informadas.
Ao denunciar 2 vezes no mês a SENSU Consultoria de Comunicação será bloqueada para você não receber mais conteúdos.

Você fez 2 denúncias neste mês, portanto, a SENSU Consultoria de Comunicação foi bloqueada definitivamente.
Você bloqueou a agência SENSU Consultoria de Comunicação para não receber mais conteúdos. Você bloqueou o cliente TopMed da agência SENSU Consultoria de Comunicação para não receber mais conteúdos.

Escolha por uma empresa de telessaúde deve levar em conta a estruturação da plataforma de suporte aos profissionais de saúde

Diferença entre algoritmos e protocolos pode interferir no melhor desfecho clínico

São Paulo, 09 de fevereiro de 2022 - Entender a diferença entre Algoritmos Clínicos e Protocolos Clínicos pode ser decisivo na escolha assertiva de serviços de telessaúde e telemedicina.

Com o avanço da pandemia nos últimos 2 anos, o mercado de empresas de telessaúde aumentou consideravelmente. Segundo a Saúde Digital Brasil, associação que representa os principais operadores de telemedicina brasileiros, mais de 7,5 milhões de atendimentos remotos foram realizados por cerca de 52,2 mil médicos entre 2020 e 2021. A entidade estima que 87% dos atendimentos foram referentes às primeiras consultas, evitando a circulação e aglomeração de pacientes na fase mais crítica da pandemia.

Diante deste cenário, médicos, profissionais do setor e organizações se viram em meio a infinitas possibilidades em passar a oferecer atendimentos online, por meio da contratação de empresas especializadas de telessaúde. E para os que procuram serviços mais personalizados nesta tecnologia, é preciso entender sobre algoritmos e protocolos.

Segundo a médica Cristina Broilo, Head de Telemedicina e Saúde Digital, não são todas as empresas que trabalham com Algoritmo Clínico, a maioria segue somente os protocolos clínicos. “Algoritmo Clínico é o conjunto de perguntas e respostas que formam uma árvore decisória, a qual possui diversas ramificações, com diferentes possibilidades de caminhos e desfechos, que servirão de base e suporte para a tomada de decisão do profissional de enfermagem, por exemplo, durante o processo de atendimento, e para o encaminhamento e as diversas orientações fornecidas aos usuários do serviço. A principal diferença entre os Algoritmos Clínicos e os protocolos clínicos é que os Algoritmos possuem gargalos de decisão que podem alterar a sequência de perguntas e orientações de acordo com as respostas dadas. Já os protocolos, obedecem a uma sequência linear e estática até o seu desfecho”, explica.

Cristina orienta os profissionais e empresas a sempre definirem seus objetivos antes de optarem por uma contratação de empresa de telessaúde. “Ter claro a forma como quer fornecer atendimento, priorizar qualidade no serviço oferecido e padronização sobre as condutas requer sempre o uso de tecnologia aliada ao atendimento do profissional de saúde. Isso faz toda a diferença no momento de uma avaliação clínica e de perfil do paciente”.

A TopMed conta com mais de 130 algoritmos clínicos que guiam os profissionais de saúde para um atendimento mais personalizado e padronizado, conforme a atuação da empresa contratante. “Para cada sintoma relatado pelo paciente, existe um algoritmo em que a enfermeira vai optar para executar o atendimento. Por meio dessa árvore neural, é possível encontrar o desfecho clínico mais assertivo. No caso das empresas que só utilizam protocolos e não algoritmos, esse direcionamento é linear, com menos informações para uma conclusão de atendimento”, informa Cristina.

No caso de uma doença pandêmica, como foi com a covid-19, a TopMed desenvolveu no início de 2020, em tempo recorde, um algoritmo específico e personalizado para ajudar no atendimento a distância. Respeitando as diretrizes técnicas do Ministério da Saúde (MS) e as decretadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a empresa criou perguntas, e diversas possíveis associações de respostas que podem levar a diferentes caminhos de interpretação.

O treinamento da TopMed oferecido aos profissionais de saúde que vão atuar no serviço de telessaúde e telemedicina inclui não apenas a parte técnica, como também, orienta ao atendimento humanizado. “Nossa equipe está apta a resolver qualquer problema técnico, mas muito preparada para acolher o paciente. Entender suas dores, seu estado emocional e realizar um desfecho clínico mais adequado.

 

Sobre a TopMed

Fundada em 2006, a TopMed é uma empresa do segmento de inovação em saúde e transformação digital que oferece soluções nas áreas de telessaúde e telemedicina, com modelo de negócios focado no mercado B2B. Atende operadoras e autogestões, setor público, corporativo, seguradoras e outros.  Na iniciativa privada, são mais de 2 milhões de vidas assistidas atualmente pelas suas soluções, que tem como foco a melhor alocação dos recursos de saúde das organizações e a ampliação do acesso à saúde.

 

Informações à Imprensa

SENSU Consultoria de Comunicação

 

Fátima Santos

(55) 11 98999-0042

fatima.santos@sensucomunicacao.com.br

 

Lidia de Santana

(55) 11 99102-5488

lidia@sensucomunicacao.com.br

 

 

Moura Leite Netto

(55) 11 99733-5588

moura@sensucomunicacao.com.br

 



 

Responder para: Fátima Santos fatima.santos@sensucomunicacao.com.br

Enviando, aguarde

Sua resposta foi enviada com sucesso!

Erro ao enviar resposta, tente novamente

Enviado Por: SENSU Consultoria de Comunicação    Bloquear Agência/Empresa
Minhas Editorias: Cidades Alterar Minhas Editorias

A SENSU Consultoria de Comunicação foi notificada que este conteúdo não possui relação com nenhuma das editorias informadas.
Ao denunciar 2 vezes no mês a SENSU Consultoria de Comunicação será bloqueada para você não receber mais conteúdos.

Você fez 2 denúncias neste mês, portanto, a SENSU Consultoria de Comunicação foi bloqueada definitivamente.
Você bloqueou a agência SENSU Consultoria de Comunicação para não receber mais conteúdos. Você bloqueou o cliente TopMed da agência SENSU Consultoria de Comunicação para não receber mais conteúdos.

Bloqueio realizado com sucesso.