O 'anti-idade' dá lugar ao envelhecer de forma saudável

Data: 04/03/2022 - 09:36  Para: Jornal Dia Dia - Portal de Notícias
Por: MXP Comunicação    Bloquear Agência/Empresa
Remetente: Maiko Magalhães maiko.magalhaes@mxpcomunicacao.com Celular: (19) 98178-8100
Minhas Editorias: Cidades Alterar Minhas Editorias
Editorias deste Release: Saúde

A MXP Comunicação foi notificada que este conteúdo não possui relação com nenhuma das editorias informadas.
Ao denunciar 2 vezes no mês a MXP Comunicação será bloqueada para você não receber mais conteúdos.

Você fez 2 denúncias neste mês, portanto, a MXP Comunicação foi bloqueada definitivamente.
Você bloqueou a agência MXP Comunicação para não receber mais conteúdos. Você bloqueou o cliente LUCAS PORTILHO da agência MXP Comunicação para não receber mais conteúdos.

Olá, tudo bem?

O mercado de estética e a indústria cosmética estão mudando o posicionamento adotado há anos e estão trazendo para os consumidores formulações focadas em saúde para o envelhecimento e não mais produtos 'anti-idade'.

O especialista em Ciências Médicas (Unicamp), Lucas Portilho, preparou um artigo completo para explicar o assunto, mostrando o que é tendência a partir de agora.

Estamos à disposição para informações e entrevistas.

Abs

Maiko Magalhães

O 'anti-idade' dá lugar ao envelhecer de forma saudável

A transformação está relacionada tanto ao estilo de vida quanto aos produtos da indústria cosmética, empenhada em desenvolver eficientes linhas 'pró-age'

O termo “anti-idade” é coisa do passado. E não são apenas as novas formas de pensar o envelhecimento que jogam por terra este antigo conceito. A indústria cosmética, especialmente, vem colocando no mercado produtos que, além de terem a expressão “anti-aging” excluída dos rótulos, trazem formulações ainda mais elaboradas para um envelhecer pleno e saudável.

Em 2017, a revista Allure trouxe na capa de sua edição especial a atriz britânica Helen Mirren. Na época, aos 72 anos, a ganhadora do Oscar pelo filme A Rainha participou do início de um movimento para eliminar do conteúdo editorial da publicação o termo “anti-idade”, em referência a produtos, procedimentos ou a qualquer tema abordado pela revista.

O fato é que o posicionamento da Allure, maior referência mundial em beleza, surtiu grandes efeitos em curto prazo. No Brasil, marcas famosas da indústria cosmética passaram a exibir em seus produtos expressões como “tratamento antissinais” e “age perfect”. Hoje, o que se tenta fixar é o termo ‘pró-age’, que sintetiza o envelhecer de forma saudável.

Segundo o levantamento mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da população de 210 milhões de pessoas, 37,7 milhões são idosas, ou seja, têm 60 anos ou mais. A perspectiva da Organização das Nações Unidas (ONU) é a de que o número dobre até 2050. Não só por uma questão estatística, mas principalmente visando à saúde, as pesquisas na linha ‘pró-age’ têm se desenvolvido de forma surpreendente no País.

Nestes estudos, não seria correto selecionar somente um ativo, mas um conjunto da obra. Quando falamos em tratamento e prevenção dos sinais do envelhecimento, não podemos nos esquecer do ácido retinóico, do ácido hialurônico, que chega a diferentes camadas da pele, e também dos peptídeos.

Em se tratando do envelhecer, no tratamento de rugas e flacidez, há uma grande procura por colágeno e elastina. Portilho lembra, porém, que tanto o colágeno quanto a elastina são produzidos por uma célula da pele, chamada fibroblasto. Conforme envelhecemos, principalmente pela exposição excessiva ao sol, a interação entre as células vai falhando. E a ação dos peptídeos é importante porque faz com que as células se comuniquem para produzir o colágeno que o organismo necessita.

O especialista lembra que o envelhecimento se dá como um todo. Por esta razão, todas as camadas da pele são importantes no tratamento. Na epiderme, a primeira camada que se vê, rugas e marcas de expressão podem ser melhoradas sem que se descuide da hidratação da pele. A junção dermoepidérmica é o caminho de comunicação entre as camadas e aí estão as substâncias importantíssimas que ancoram a proteção da pele. Descendo um pouco mais, na camada subcutânea, é possível usar alguns ativos que aumentam os adipócitos para melhorar o preenchimento do rosto.

Um creme “pró-age” não fará a pessoa se tornar mais jovem, mas sim adiar o envelhecimento. Em tudo isso, é fundamental pensar em nosso modo de vida, em como nos alimentamos, de que forma nos exercitamos, qual é o ambiente em que estamos inseridos e, muito importante, como nos expomos ao sol. Este fator, especialmente, tem uma relação direta com o envelhecer e utilizar o filtro solar com frequência é mais que indicado.

 

Lucas Portilho é farmacêutico, especialista em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenador do Instituto de Cosmetologia Educacional.

Fotos

  • 'Envelhecer com saúde' substitui o termo 'anti-idade'
    'Envelhecer com saúde' substitui o termo 'anti-idade' Divulgação
  • Lucas Portilho, especialista em Ciências Médicas (Unicamp)
    Lucas Portilho, especialista em Ciências Médicas (Unicamp) Divulgação

Responder para: Maiko Magalhães maiko.magalhaes@mxpcomunicacao.com

Enviando, aguarde

Sua resposta foi enviada com sucesso!

Erro ao enviar resposta, tente novamente

Enviado Por: MXP Comunicação    Bloquear Agência/Empresa
Minhas Editorias: Cidades Alterar Minhas Editorias

A MXP Comunicação foi notificada que este conteúdo não possui relação com nenhuma das editorias informadas.
Ao denunciar 2 vezes no mês a MXP Comunicação será bloqueada para você não receber mais conteúdos.

Você fez 2 denúncias neste mês, portanto, a MXP Comunicação foi bloqueada definitivamente.
Você bloqueou a agência MXP Comunicação para não receber mais conteúdos. Você bloqueou o cliente LUCAS PORTILHO da agência MXP Comunicação para não receber mais conteúdos.

Bloqueio realizado com sucesso.